Titulo

Mamaplastia Redutora

Além de comprometer a aparência geral, seios muito grandes e pesados costumam provocar desconforto físico, como dor nos ombros, pescoço e costas. A paciente decidirá junto com seu médico, o tamanho e o contorno que deseja para seus seios após a cirurgia. Além disso, deve estar ciente dos riscos potenciais - embora incomuns - relacionados a esse tipo de intervenção, das possíveis complicações pós-operatórias e do processo de cicatrização. A mastoplastia redutora também corrige a flacidez dos seios, dando-lhes nova consistência. O cirurgião deve sempre buscar um equilíbrio entre o volume da nova mama e o tamanho do tórax, para chegar a um resultado esteticamente mais harmônico.

Pré-operatório

Além da aspirina e de outros medicamentos que contenham ácido acetil salicílico, a paciente não deve tomar remédios para emagrecer ou diuréticos no dez dias que antecedem à cirurgia. Qualquer alteração do estado físico, como gripe ou indisposição, deve ser comunicada ao médico. É recomendável evitar bebidas alcoólicas e se alimentar com moderação na véspera da cirurgia. No dia da internação, levar para a clínica um sutiã, que será usado logo após a operação.

Procedimento Cirúrgico

As várias técnicas utilizadas na mastoplastia redutora variam em função de cada caso. A tendência atual é a de deixar cicatrizes cada vez menores, o que naturalmente vai depender do tamanho das mamas. As incisões podem ser em forma de T, L, I ou O, sempre na metade inferior da mama. É feita também uma incisão ao redor da aréola, com o objetivo de reposicionar o mamilo e eventualmente reduzir seu tamanho. Pelas incisões são retirados os excessos de pele, tecido glandular e gordura. Em seguida, é feito o remodelamento dos seios e reposicionamento dos mamilos. A anestesia usada nesse tipo de cirurgia é a geral. A operação dura em média três horas.

Pós-operatório

O tempo de internação na mastoplastia redutora é normalmente de 24 horas. Os pontos são retirados por volta da segunda semana. O retorno às atividades é gradativo. Deve-se, evitar a elevação dos braços acima da cabeça, levantar peso ou fazer exercícios em excesso durante três a quatro semanas.O inchaço é natural e costuma desaparecer já nas primeiras semanas, assim como uma possível sensação de insensibilidade nos mamilos e na pele do seio. A cicatrizes da mastoplastia redutora são facilmente disfarçadas sob biquínis ou blusas decotadas. Seu tamanho pode ser maior ou menor, dependendo do tamanho da mama. Na maioria dos casos, a cicatriz é de boa qualidade e tende a ficar imperceptível. O processo de cicatrização pode ser dividido em três períodos de evolução: o primeiro que vai até o 30º dia, mostra as cicatrizes com bom aspecto e pouco visíveis. O segundo, que vai do 30º dia até 12º mês, quando a cicatriz vai ficando mais espessa e mais escura. o terceiro, que vai do 12º ao 18º mês, quando a cicatriz começa a clarear e a ter um aspecto mais natural. O resultado definitivo, tanto da cicatrização quanto da forma da mama, só poderá ser avaliado após esse período. Há uma série de recursos clínicos e cirúrgicos disponíveis para corrigir eventuais problemas de cicatrização como o quelóide, mas só devem ser aplicados após as três fases do processo.

 

"O Conselho Regional de Medicina não permite a exibição de imagens de prés e pós-operatórios."