Titulo

Métodos de Preenchimentos

A história dos preenchimentos teve início no começo do século XIX e, com os avanços da pesquisa médica, atualmente temos diversos tipos de substâncias preenchedoras indicadas para cada caso. A técnica é segura e simples e realizada na própria clínica, com anestesia local ou tópica.

Apesar da toxina botulínica ser uma excelente opção para a correção dos sulcos e rugas da testa, da glabela (entre as sobrancelhas) e dos "pés de galinha", em caso de rugas em outras localizações o tratamento indicado é o Preenchimento.

O Preenchimento é usado para as rugas nas regiões onde a ação muscular é importante e não pode ser tratada com a toxina botulínica, como é o caso do sulco que vai do nariz até o canto da boca. Além disso, as técnicas de preenchimento são também usadas como coadjuvante da toxina quando as rugas de expressão são muito antigas e já marcaram muito a pele.

O tratamento é simples e consiste na injeção desses produtos nos sulcos e rugas da face, tornando-os mais rasos e dando ao rosto uma aparência mais jovem.

Existem vários produtos disponíveis, que podem ser usados de acordo com a necessidade do paciente e a experiência do médico.

Na lista abaixo alguns dos produtos mais conhecidos, e utilizados:

  • PMMA (microesferas de metilacrilato,2,10 e 30%)
  • Hylaform (Ácido Hialurônico Gel)
  • Correct P ( Polimetilmetacrilato)
  • Metacrill ( metacrilato coloidal)
  • PS 35( Dimetilpolisiloxano)
  • Autocolágeno ( Auto gordura congelada)
  • Autologen (Colágeno de cultura de tecido próprio)
  • Lipoenxerto ( Gordura do próprio paciente)
  • Bioplastic (Partículas de Dimetilpolisiloxano)
  • Colágeno ( Derivado do colágeno bovino)
  • Artecoll ( Resina acrílica em colágeno bovino)
  • Dimetilpolisiloxano em microgotas
  • Bioplastic ( Dimetilpolisiloxano)
  • Restylane ( Àcido Hialurônico)
  • Restylane Fine Lines ( Àcido Hialurônico)

Preferimos preenchimentos faciais a base de ácido hialurônico por ele ser um polímero com boa compatibilidade biológica, uma vez que é componente dos tecidos conectivos (cimento intercelular) do ser humano. Existem produtos a base deste ácido que, de acordo com sua concentração, são indicados para aumentar e definir o contorno dos lábios, corrigir as marcas de expressão e as rugas que vão surgindo com o tempo. Essa substância garante o preenchimento de sulcos e rugas localizadas no contorno dos lábios, sem sinais ou cicatrizes, por um prazo que varia de seis meses a um ano, dependendo do paciente. É aplicado em rugas médias, não provoca efeitos colaterais. Já outros são indicados para o preenchimento dos sulcos mais profundos, especialmente aqueles localizados na região nasogeniana. Também pode ser utilizado para a correção de assimetrias faciais e para preencher os lábios.

Apesar dos excelentes resultados obtidos, os procedimentos de preenchimento não substituem o "Lifting Facial", que passa a ser necessário quando os sinais de envelhecimento são mais pronunciados. Desta forma, as técnicas de preenchimento são complementares e não concorrentes com a cirurgia, que terá o seu momento específico de indicação.

Como é aplicado o Preenchimento?

No dia da aplicação o paciente não deve utilizar nenhum medicamento, cosmético ou maquiagem no rosto. O primeiro passo é aplicar uma pomada anestésica na região que será tratada. Esta pomada permanece alguns minutos em contato com a pele, anestesiando-a levemente. Em algumas regiões é indicado o bloqueio nervoso, que é realizado com aplicação de pequena quantidade de anestésico em pontos específicos por onde passam ramos nervosos, o que garante anestesia da área inervada por aquele segmento, promovendo assim maior conforto para o paciente. É realizada assepsia da pele e o paciente está pronto para receber o Preenchimento.

O procedimento é realizado com agulhas muito finas, que facilitam a punção e causam dor mínima. Depois da aplicação, que dura cerca de 10 minutos, o paciente está liberado para voltar às atividades.

O paciente pode voltar imediatamente às atividades normais, inclusive o trabalho. A recomendação é evitar ginásticas pesadas no dia da aplicação. No dia seguinte, as atividades são totalmente normais.

Antecedendo a aplicação do Preenchimento, a toxina botulínica pode ser aplicada na mesma sessão.

O Fio Russo

Em 1999, o pesquisador russo e cirurgião cosmético Dr. Marlen Sulamanidze, com o auxílio de seu filho Georges Sulamanidze, aperfeiçoou um método de tratamento da flacidez facial sem cirurgia. Desenvolveu o sistema nomeado como APTOS( Anti PTOSis) que ficou conhecido por sua origem, como " Fio Russo" .

A idéia básica é simples. Um fio de polipropileno, parecido com o que é utilizado em cirurgias, com farpas especialmente orientadas, que são capazes de, assim que aplicadas, funcionar como uma âncora no tecido facial. São aplicadas de acordo com direções que realizam o efeito lifting (elevação) pretendido. As farpas impedem que o fio se mova, mantendo a elevação, e a sua compatibilidade com os tecidos permite a sua aceitação pelo organismo.

Por sua simplicidade de aplicação, pode ser utilizado em uma grande faixa etária e, em épocas mais precoces, quando uma cirurgia ainda não estaria indicada.

Pode ser utilizado isoladamente ou associado aos outros procedimentos clássicos como o Botox e o Preenchimento.

Seu uso é indicado principalmente para a flacidez da face e do pescoço.

 

"O Conselho Regional de Medicina não permite a exibição de imagens de prés e pós-operatórios."